Entrevista Especial: Jera Cravo – Produtor e Engenheiro de Som da Melhor Qualidade

Jera Cravo é um dos expoentes brasileiros quando o assunto é Engenharia de Som e Produção Musical. Atualmente, ele trabalha no estúdio La Hacienda Creative, em Montreal (Canadá). Vamos conhecer mais sobre a história deste grande profissional, nesta Entrevista Especial! Enjoy it!!!

Jera Cravo no Facebook

Jera Cravo no Twitter

Jera Cravo no Instagram

Jera Cravo no Youtube

O que andas fazendo no Canadá?

Trabalho no estúdio La Hacienda Creative desde Janeiro 2013. O primeiro trabalho com eles foi em Outubro 2012, mas só passei a trabalhar tempo integram em 2013. Lá eu faço de tudo: de gravar e mixar até tomar conta de assuntos burocráticos. Estamos mudando a equipe um pouco pra eu que possa focar 100% em gravar e mixar… Mas montar um bom time leva tempo.

Quais foram os teus principais trabalhos como produtor musical aí?

Não tenho trabalhado muito como produtor. Meu foco é mixar e masterizar, mas acabo gravando bastante também. Mas os trabalhos mais interessantes dos últimos anos, onde eu participei intensamente foram as trilhas dos jogos Tearaway pra PS4 e PS Vita, Resident Evil 7 pra PS4, Papo & Yo (PS3, Windows e Mac), Batman Arkham Knight e Far Cry Primal.

Como e quando começaste a trabalhar com produção?

Meu primeiro trabalho como produtor foi em 2002, em Salvador. Gravei algumas bandas enquanto estive nos EUA, mas nesses casos eu fui engenheiro de gravação.

Para você, quais foram os teus principais trabalhos neste ramo?

Como produtor eu tenho muito orgulho do ultimo trabalho da Minus Blindness (Vile Veil), o primeiro do Automata (Automata), o primeiro do Madame Saatan (Madame Saatan), os dois da Cobalto (Mindiversity e Metamorphic), os dois que fiz com a Malefactor (Barbarian e Centurian) entre outros… como Malcom, Mirabolix…..

Quais são os teus próximos projetos?

Agora estou trabalhando com meu amigo Brian D’Oliveira em uma trilha sonora FODA, que vai sair ano que vem, e não posso falar ainda… Tenho vontade de achar umas 4 ou 5 boas bandas pra produzir, mas sem data, sem deadline. Tenho mixado muitos trabalhos vindos do Brasil e espero que isso continue, porque fazer músicos felizes com o resultado do disco/EP deles(as) é uma das coisas mais legais nessa carreira.

Comments

comments

Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *